Search
Close this search box.

Como Baixar a Pressão Arterial: 5 Coisas Para Tentar Antes da Medicação

Como Baixar a Pressão Arterial

E-Book Dieta DASH (Grátis)

Baixe agora mesmo seu exemplar do nosso E-Book Dieta DASH e tenha no seu celular, tablet ou computador um dos maiores guias de saúde para o coração do Brasil!

Hoje vamos falar sobre um assunto muito importante, é preciso tomar medicamentos para controlar a pressão arterial?

Olá pessoal, meu nome é Diogo Kalil, sou médico cardiologista e minha missão é te ajudar a ter uma saúde do coração melhor.

Agora que você já sabe se tem ou não hipertensão arterial, a questão é, uma vez que você esteja com a pressão alta, deve tomar medicamentos para controlar essa pressão?

É isso que vamos ver hoje, vou revelar 5 coisas que você precisa fazer para controlar a pressão alta antes de recorrer ao uso de medicamentos.

Bom, sempre é melhor controlar a pressão de maneira natural do que recorrer ao uso de medicamentos, não é mesmo? E se com essas dicas você conseguir reduzir para um quadro de 120 por 80 ou até mesmo 130 por 85 no máximo já é algo a se comemorar.

Mas afinal, quais são as coisas que você pode inserir na rotina para fazer isso acontecer?

Bom, a primeira coisa e a mais importante é manter o seu peso saudável, o excesso de peso é responsável por 20 a 30% dos casos de pressão alta.

O excesso de gordura corporal pode levar ao aumento do volume sanguíneo, uma vez que o tecido adiposo é metabolicamente ativo e requer maior irrigação sanguínea

A obesidade também está associada à resistência à insulina, que pode levar a uma série de alterações metabólicas, incluindo o aumento da retenção de sódio nos rins, o que por sua vez, pode elevar a pressão arterial.

O excesso de peso também pode levar a um aumento na atividade do sistema nervoso simpático, que regula funções como a frequência cardíaca e a pressão arterial.

A segunda coisa que você deve mudar na sua rotina antes de procurar ajuda de medicamentos e se livrar do sedentarismo, primeiro porque a falta de atividade física pode colaborar para o ganho de peso, que é um dos itens mais importantes para controlar a pressão arterial.

E em segundo lugar, a falta de atividade no seu corpo pode comprometer o funcionamento cardiovascular, dessa forma é fundamental que você se exercite.

A recomendação para adultos entre 18 e 64 anos de idade é de no mínimo 150 a 300 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada por semana, ou um mínimo de 75 a 150 minutos de atividade com maior intensidade.

Lembrando que não adianta fazer 2 horas de exercícios uma vez na semana e parar, muito pelo contrário, essa prática pode prejudicar a saúde do seu coração por falta de condicionamento.

O ideal é que você dilua esse tempo durante a semana, é melhor 30 minutos todos os dias de maneira sustentável e prazerosa do que 2 horas de uma só vez.

Você pode mesclar entre diferentes atividades aerobicas que vão fortalecer a saúde do seu coração, melhorar a circulação sanguínea e reduzir a rigidez das artérias ajudando na regulação da pressão arterial.

Outro benefício da atividade física é que ela pode contribuir para o alívio do estresse e da ansiedade, que são fatores que podem fazer com que a sua pressão arterial suba, mesmo que de forma temporária.

A terceira coisa que você pode fazer, é mudar a sua dieta, comendo alguns alimentos estratégicos e evitando outros que são maléficos para a hipertensão arterial.

Uma dieta muito popular que apresenta bons resultados para hipertensos é a dieta DASH.

Eu fiz um ebook falando mais sobre essa dieta e você pode baixar clicando no link da descrição para aprender tudo sobre ela e como implementar na sua rotina de maneira simples e prazerosa.

De maneira resumida, a dieta enfatiza o consumo de frutas e vegetais, alimentos ricos em fibras, proteínas magras, laticínios com baixo teor de gordura, redução do sódio e de mais alguns alimentos maléficos, baixe o ebook para conhecer todos eles.

A quarta coisa é para um grupo específico de pessoas, que são os fumantes, se você fuma e sofre com a pressão alta, você deve parar de fumar imediatamente.

A nicotina pode causar um aumento temporário na pressão sanguínea e contribuir para o desenvolvimento e agravamento da pressão alta.

Ela estimula o sistema nervoso simpático fazendo com que o coração bata mais rápido e provoca a contração das paredes das artérias, o que reduz o espaço disponível para o fluxo sanguíneo, aumentando dessa forma a pressão arterial.

Lembrando que essas mudanças no seu hábito vão levar tempo para diminuir os níveis de pressão no seu corpo.

Uma forma muito interessante de você mensurar a melhoria da sua pressão e se essas dicas estão surtindo efeito é aferir a sua pressão ao longo do tempo e ir registrando para acompanhar o progresso.

É importante você mensurar e registrar como está a sua pressão arterial para mostrar para o seu médico cardiologista, dessa forma ele pode tomar uma decisão mais precisa e indicar medicamentos específicos para tratar a sua hipertensão se houver necessidade.

A quinta coisa é praticar atividades anti estresse, existem várias formas de fazer isso, inclusive, pode ser até algum hobbie que te ajuda a desconectar dos problemas do dia a dia e te dar um momento de relaxamento.

A melhor forma para esse objetivo em específico que eu recomendo é a meditação, para ser mais específico, a meditação mindfulness, que é a prática de atenção plena, que basicamente é incentivar você de focar no momento presente se liberando de pensamentos tanto do passado como do futuro.

Além de melhorar a circulação sanguínea e reduzir a pressão arterial, os benefícios do mindfulness incluem diminuir a ansiedade, o estresse e até a depressão.

Você também pode praticar yoga, que é uma excelente alternativa para combater o estresse e a ansiedade, diminuindo a sua pressão arterial.

E se você fez tudo isso e ainda assim não percebeu melhorias na sua pressão, provavelmente você vai precisar da ajuda de remédios, mas não se preocupe, existem medicamentos muito bons hoje que você pode tomar com objetivo de regular a sua pressão arterial.

Nesse caso, o ideal é que você faça uma consulta com um médico cardiologista para entender o seu caso e te passar a melhor medicação para controlar a sua pressão.

https://cardiologistadf.com.br/dieta-dash-baixe-o-e-book-2/

Perfil do Dr. Diogo Kalil no Linkedin: https://www.linkedin.com/in/diogo-kalil/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de Ajuda?

Marque sua consulta!

Fale no WhatsApp

Matérias relacionadas

Taquicardia e Ansiedade
Doenças cardíacas
Taquicardia e Ansiedade

Descubra como lidar com a taquicardia e ansiedade em nosso novo conteúdo. Aprenda dicas práticas para controlar esses sintomas e melhorar sua qualidade de vida.