Taquicardia após a Covid: é normal?

Taquicardia após a Covid

Você está tendo episódios frequentes de taquicardia após a Covid e está com medo de ter complicações cardíacas?

Saiba que muitas pessoas estão se sentindo assim também, afinal, problemas no coração são perigosos e, caso não sejam adequadamente tratados, podem levar o paciente ao óbito.

Para você poder entender melhor a relação entre a covid e os problemas cardíacos, preparei este artigo para você, a fim de que se informe melhor e possa tomar os cuidados necessários.

Portanto, não deixe de ler até o final para ficar atento aos sinais que seu organismo apresenta.

Taquicardia após a Covid, é normal?

A pandemia tomou conta do mundo e trouxe diversas incertezas e certezas para a comunidade científica.

Na questão cardiovascular, a Covid demonstrou que consegue afetar o coração e de deixar diversas sequelas cardíacas.

Inclusive, as complicações cardíacas estão sendo constatadas em pacientes que já se recuperaram da Covid e que nunca tiveram problemas do coração.

Por exemplo, uma pesquisa feita na Alemanha mostrou como o coração é afetado pelo coronavírus.

Os pesquisadores fizeram um estudo com 100 pessoas, com idade aproximada de 50 anos e que se recuperaram da Covid.

A maioria das pessoas teve quadro assintomático ou desenvolveu sintomas bem leves.

Dois meses após o diagnóstico, os pesquisadores submeteram os mesmos pacientes, que estavam 100% curados, a novos exames.

E as descobertas surpreenderam, já que, aproximadamente:

  • 80% dos pacientes desenvolveram anomalias no coração;
  • 60% desenvolveram miocardite, ou seja, inflamação do músculo cardíaco;

Outro estudo também mostrou dados preocupantes, já que 39 pacientes que faleceram de coronavírus foram submetidos a autópsias.

Nessas autópsias, 60% dos pacientes estavam com o vírus presente no miocárdio.

Enfim, já passou o tempo de achar que o coronavírus ataca somente os pulmões. A experiência tem mostrado uma realidade bem diferente e mais perigosa. 

Dentre as sequelas cardíacas que estão sendo desenvolvidas, destaca-se a injúria miocárdica e descontroles de doenças crônicas que antes estavam estabilizadas.

Além disso, são bem comuns os casos de pacientes infartados e com miocardite (inflamação do músculo cardíaco).

Enfim, como se pode analisar, não é tão raro que o paciente fique com sequelas cardíacas após a Covid, principalmente os pacientes de risco.

Como fatores de risco, cita-se a obesidade, idade avançada, diabéticos, além dos pacientes que já carregam, há anos, algum quadro de complicação cardiovascular.

Diante dessas sequelas cardíacas, os pacientes costumam apresentar diversos sintomas, entre eles, a taquicardia.

Desse modo, a taquicardia pode vir acompanhada de outros sintomas, como:

  • Dores no peito;
  • Dores de cabeça;
  • Falta de ar;
  • Palpitações;
  • Cansaço;

Ainda não se tem certeza do que leva o coração a ser tão afetado pela Covid. No entanto, diversos estudos estão sendo realizados, a fim de que se possa encontrar explicações para essa relação entre Covid e doenças do coração.

Nesses estudos, os pesquisadores conseguiram identificar 3 possíveis razões para que os pacientes desenvolvam doenças cardiovasculares.

Primeira explicação

A primeira explicação mostra que a enzima que converte a ECA2 (angiotensina) é usada pelo Sars-Cov 2 para entrar nas células.

Vale destacar que os pulmões e coração são os órgãos onde a ECA2 é mais presente, causando, desse modo, a pneumonia e a miocardite.

O dano mais potencial que o paciente sofre em seu sistema cardiovascular pode ser explicado pelo fato desse paciente ser hipertenso e cardiopata, portanto, ter maior concentração da ECA2.

Segunda explicação

A segunda explicação está ligada à alta carga inflamatória provocada por uma reação exagerada do sistema de defesa do nosso organismo para combater a Covid.

Essa desordem inflamatória seria a circunstância propícia para causar danos ao coração e aos vasos.

Terceira explicação

Uma terceira explicação constatada nas pesquisas é o fato de que a Covid, especialmente quando em quadros graves, provoca um estado de isquemia, já que o coração é forçado a trabalhar mais e acaba sendo danificado.

Conclusão – Taquicardia após a Covid

Como visto, as sequelas cardíacas causadas pela Covid são relativamente frequentes.

Com isso, os sintomas começam a aparecer, entre eles, a taquicardia.

Desse modo, é de extrema importância que você fique atento a todo e qualquer sintoma que seu organismo apresente, a fim de que possa buscar ajuda médica a tempo de solucionar o problema.

Se tiver mais alguma dúvida sobre a taquicardia após a Covid, exponha nos comentários, pois terei o maior prazer em solucionar todas as dúvidas relacionadas ao assunto.

Deixe uma resposta