Covid 19 e coração quais as consequências

Você tem problemas cardíacos, está com medo do coronavírus e quer entender as consequências da relação entre Covid-19 e coração?

Atento a esse medo presente em muitas pessoas cardiopatas, preparei este artigo para explicar a relação entre o novo coronavírus, o coração e as consequências que podem surgir dessa relação.

Desse modo, se você tem medo de ser mais uma vítima da Covid, leia este artigo até o final para poder se orientar melhor.

Covid-19 e coração – quais as consequências?

No início, pensava-se que a Covid era uma doença que atingia somente os pulmões.

No entanto, com o passar do tempo e com o aumento veloz de óbitos, a doença mostrou que ela ataca quase todas as funções e órgãos do corpo humano.

E, de acordo com estudos mais recentes, o coração pode ser um dos órgãos que a Covid causa danos mais fatais.

A inflamação causada no músculo cardíaco e relacionada a Covid é um problema que tem sido notado com mais frequência pelos médicos.

Esse problema, inclusive, tem sido notado em pacientes assintomáticos e naqueles que não apresentam nenhuma gravidade em seu quadro.

A miocardite, que é a inflamação do músculo cardíaco, nem sempre pode ser considerado grave, porém, pode causar uma insuficiência cardíaca, dependendo do caso.

Por isso, os problemas cardiovasculares devem ser analisados com a atenção necessária.

Isso porque, a Covid consegue impactar a estrutura do miocárdio, causando tromboses e inflamações. Esse impacto que o sistema cardiovascular sofre pela Covid pode se manifestar de diversas formas, como:

  • Insuficiência cardíaca;
  • Arritmia;
  • Miocardite, etc.

Um estudo feito na Alemanha mostrou como o coração é afetado pelo coronavírus.

Os pesquisadores fizeram um estudo com 100 pessoas, com idade aproximada de 50 anos e que se recuperaram da Covid.

A maioria das pessoas teve quadro assintomático ou desenvolveu sintomas bem leves.

Dois meses após o diagnóstico, os pesquisadores submeteram os mesmos pacientes, que estavam 100% curados, a novos exames.

E as descobertas surpreenderam, já que, aproximadamente:

  • 80% dos pacientes desenvolveram anomalias no coração;
  • 60% desenvolveram miocardite, ou seja, inflamação do músculo cardíaco;

Outro estudo também mostrou dados preocupantes, já que 39 pacientes que faleceram de coronavírus foram submetidos a autópsias.

Nessas autópsias, 60% dos pacientes estavam com o vírus presente no miocárdio.

Apesar de os estudos serem considerados de pequeno porte e as conclusões não serem 100% compreendidas, ficou claro para os pesquisadores que os pacientes podem desenvolver problemas cardíacos, ainda que estejam recuperados da Covid.

A comunidade científica está na busca em compreender como a Covid-19 provoca a miocardite.

Ainda não se sabe se essa inflamação se desenvolve:

  • Por conta do dano que o vírus causa ao coração;
  • Por conta da exagerada defesa imunológica que nosso organismo é forçado a desenvolver, por conta do coronavírus.

Visão completa

Como visto acima, é preciso que os médicos fiquem muito atentos ao sistema cardiovascular de um paciente com coronavírus.

É fundamental que se faça os exames necessários para que a abordagem seja a mais completa possível.

Dessa forma, o exame não pode ficar restrito apenas aos pulmões.

É importante: caso você tenha problemas cardíacos é extremamente importante que você busque ajuda médica de forma imediata assim que aparecerem os primeiros sintomas.

Não deixe que seu quadro clínico se desenvolva para uma situação mais grave, pois, a depender da demora em buscar ajuda médica, as chances de óbito podem ser grandes.

E caso tenha ficado com alguma dúvida sobre Covid-19 e coração ou queira mais alguma informação, fique à vontade para deixar seu comentário logo abaixo, que terei o maior prazer em responder.

Deixe uma resposta