Seja Feliz e Viva Mais (será?)

                Seja feliz e viva mais.

Hoje em dia as pessoas estão, incluindo eu e você leitor(a), procurando a “fórmula” da felicidade, a qual seria capaz de resolver tudo e não só melhorar a vida, mas também prolongá-la.

Afinal quem não sonha em ter uma vida longa e saudável, não é mesmo?

Aproveitar longos anos após a aposentadoria para curtir os filhos, netos, usando o tempo livre para viajar, fazer um hobby e aproveitar. Desse modo, nos tornaremos ainda mais felizes (o que nos levaria a viver ainda mais).

A medicina tenta melhorar o estado de humor das pessoas com medicações (quando indicado é claro), os psicólogos são procurados também com esse intuito, fora outras terapias menos convencionais. Os laboratórios pesquisam novas drogas a cada dia. Existe uma verdadeira indústria.

Portanto coloco novamente a frase acima:  Seja feliz e viva mais.

                Nada mais verdadeiro, correto?

                ERRADO.

Pelo menos é o que diz um estudo publicado no Lancet, uma das mais conceituadas revistas da área médica.

Os pesquisadores do Reino Unido analisaram os dados do The Million Women Study, um estudo prospectivo que envolveu informações sobre 700.000 mulheres.

No final não houve relação entre o nível de felicidade (que foi avaliado por um questionário) e a taxa de mortalidade dessas mulheres.

Agora você entende melhor porque aquele seu tio idoso e mal-humorado ainda está vivo (brincadeira!).

Podemos concluir então que não vale a pena lutar pela felicidade já que não vai influenciar na minha mortalidade mesmo, né?

Errado, é claro. Obviamente vale a pena tentar ser feliz! Afinal, não buscamos a felicidade apenas para viver mais, porém para viver melhor.

Desse modo reformulo a frase do início do texto: seja feliz e viva melhor.

Concluindo: lute pela felicidade, aproveite sua família e amigos, pratique exercícios físicos, coma melhor e divirta-se.

E, claro, não se esqueça de procurar o seu médico regularmente para realizar exames de rotina.

Be Happy!!!

happy-baby

Deixe uma resposta