Search
Close this search box.

O que é arritmia cardíaca? E Quais os sintomas da arritmia?

arritmia cardíaca

E-Book Dieta DASH (Grátis)

Baixe agora mesmo seu exemplar do nosso E-Book Dieta DASH e tenha no seu celular, tablet ou computador um dos maiores guias de saúde para o coração do Brasil!

As arritmias do coração podem ser um problema muito frequente na população.

No meu consultório mesmo atendo muitos pacientes que reclamam de alterações nos batimentos cardíacos.

Mas você sabe o que é exatamente uma arritmia cardíaca? Sabe como identificar o problema caso ele esteja acontecendo com você?

Sabe quais os sintomas das arritmias do coração?

Então fique comigo até o final desse artigo que vou te ensinar tudo sobre o assunto.

Meu nome é Diogo Kalil, sou médico cardiologista, e quero te ajudar a cuidar melhor da sua saúde.

E gostaria de te pedir para compartilhar agora mesmo esse post nas suas redes sociais e grupos de whatsapp, para ajudar seus amigos e familiares a terem uma saúde melhor.

Acesse o meu site cardiologistadf.com.br e veja mais artigos sobre saúde.

Então o que é uma arritmia cardíaca?

Uma arritmia é um distúrbio no ritmo normal do coração.

O nosso batimento tem algumas características consideradas normais, por exemplo a frequência cardíaca normal em repouso, que é o número de vezes que o nosso coração bate por minuto, varia entre 60-100 bpm.

Se a frequência estiver acima de 100 no repouso temos a chamada taquicardia.

E quando a frequência está abaixo de 60 temos uma bradicardia.

Já o ritmo normal do coração é chamado de sinusal. Ele recebe esse nome pois o marcapasso natural do coração é uma região do átrio direito chamado de nó sinusal.

Esse nó sinusal é um conjunto de células cardíacas diferenciadas que emitem um sinal elétrico mandando o coração se contrair.

Quando o batimento sai de outro lugar fora do nó sinusal nós temos uma alteração no ritmo do coração.

E podemos ter também uma alteração na regularidade do batimento normal.

O nosso batimento normalmente é regular, ou seja, tem um intervalo de tempo mais ou menos constante entre cada batida. Quando ocorre uma variação nesse aspecto, temos um ritmo cardíaco irregular.

E quais os sintomas das arritmias cardíacas?

O primeiro sintoma de uma arritmia cardíaca são as palpitações.

Essas palpitações ocorrem quando sentimos o batimento do coração mais forte ou descompassado.

Normalmente nós não sentimos o batimento do nosso coração.

Porém, algumas pessoas começam a perceber esse batimento, muitas vezes mais forte, que podem ser acompanhados de sensação de aceleração ou de coração lento também.

Algumas pessoas relatam também como se fosse um soluço no peito.

Outro sintoma que pode ser um sinal de arritmia no coração é a aceleração do batimento.

O segundo sintoma é o batimento acelerado, ou taquicárdico, que pode ser um sinal de arritmia.

Se esse sintoma vier acompanhado de tontura, desmaio, dor no peito ou falta de ar importante pode ser um sinal de algo mais grave e recomendo que procure logo por atendimento médico.

O terceiro sintoma é o coração lento, ou bradicárdico.

Sentir o batimento parando, dando pausas ou muito lento é um sinal também de arritmia.

E essa arritmia pode ser preocupante se vier acompanhada de tontura, quedas ou desmaios.

Nesse caso, pode estar havendo um bloqueio no coração e é urgente procurar a emergência médica para uma avaliação.

O quarto sintoma que você pode ter com uma arritmia cardíaca é a falta de ar.

Sim, exatamente o que você ouviu, na arritmia, como o batimento fica alterado, pode chegar menos oxigênio nos nossos tecidos, inclusive no cérebro e no coração e a pessoa pode ter falta de ar.

E pelo mesmo motivo, o quinto sintoma é a dor no peito.

Os batimentos quando muito rápidos ou muito lentos não são efetivos em transportar o oxigênio pelo corpo, podendo haver uma isquemia no tecido do coração, causando a dor no peito.

Algumas pessoas podem até mesmo enfartar, se tiverem uma arritmia grave muito prolongada.

Já o sexto sintoma é a tontura e o desmaio.

E esses sintomas podem ocorrer pelo mesmo motivo que já falamos anteriormente, pode faltar oxigênio no cérebro, levando a tonturas, quedas e até mesmo a perda da consciência.

E o sétimo e último sintoma da arritmia é o batimento irregular.

Sentir o batimento do coração totalmente irregular, com períodos de acelerações e pausas sem qualquer regularidade definida é um sinal de uma arritmia muito específica: a fibrilação atrial.

Nessa arritmia, os átrios, que são as câmaras superiores do coração, ficam apenas fibrilando, tremendo, sem uma contração efetiva mesmo. Por causa disso, os ventrículos ficam com uma contração irregular.

E essa fibrilação atrial pode aumentar o risco de AVC também, já que podem se formar coágulos dentro desses átrios, pois o sangue fica mais parado dentro deles, já que eles não se contraem efetivamente.

Caso esteja sentindo algum desses 7 sintomas que eu falei agora é muito importante procurar um cardiologista para avaliar melhor o seu quadro.

Pois embora palpitações possam ser apenas algum outro problema de saúde, como ansiedade, problema de tireóide ou anemia, só o médico vai poder diferenciar essas causas ao te examinar e avaliar os seus exames.

Outro ponto importante é que às vezes uma arritmia pode ser oculta e não manifestar sintomas.

Por isso é importante fazer avaliações periódicas com o seu médico, para identificar esses problemas o mais cedo possível.

Outro ponto importante que eu queria te falar é que a grande maioria das arritmias são benignas.

As arritmias mais frequentes por exemplo são as extrassístoles supraventriculares que são apenas batimentos que vem antes da hora, por vir de um outro lugar do átrio que não o nó sinusal.

Essas extrassístoles supraventriculares são benignas e muitas vezes não requerem nenhum tipo de tratamento.

Outras arritmias mais graves e sintomáticas já podem necessitar do uso de remédios, e até mesmo de dispositivos como marcapassos e desfibriladores implantados.

E esse foi o artigo de hoje.

Espero que tenha gostado.

Deixe aqui nos comentários se você costuma sentir algum desses sintomas.

Diga também se você tem alguma dúvida sobre o assunto.

Um abraço e até a próxima.

Perfil do Dr. Diogo Kalil no Linkedin: https://www.linkedin.com/in/diogo-kalil/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de Ajuda?

Marque sua consulta!

Fale no WhatsApp

Matérias relacionadas

Rotina Saudável
Qualidade de vida
Como Estabelecer uma Rotina Saudável

Pronto para transformar sua vida com uma rotina saudável? Neste post, vamos desvendar as melhores dicas para você começar. Descubra como estabelecer hábitos que te